6 erros que diminuem suas chances de vencer uma licitação

6 erros que diminuem suas chances de vencer uma licitação

Não há dúvidas acerca da necessidade de se ter um planejamento prévio para participar de um processo licitatório. Existem, porém, erros que a maioria daqueles que buscam este caminho acabam cometendo. Estas pessoas acabam, assim, desperdiçando todo o esforço utilizado para se vencer uma licitação.

A seguir, separamos alguns erros comuns deste momento que você deverá evitar para não fazer parte dessa maioria. Com isso, você terá um caminho mais seguro no momento de disputar um edital para licitação.

1) Não ter conhecimento sobre as regras do edital

É comum que aquele que deseja entrar em uma licitação não tenha conhecimento acerca das suas regras. Para evitar isso, é fundamental a leitura atenta do edital, que fixa todas as condições necessárias à participação dos licitantes, ao desenvolvimento da licitação e à futura contratação. Ele define, também, o objeto, critérios de aceitabilidade da proposta, exigências de habilitação e sanções por inadimplemento.

A empresa que vence um processo de licitação tem que estar preparada para tudo que está previsto no edital. Tendo consciência de que está disposta a cumprir todos os requisitos nos prazos pré-determinados e que aceita a forma de pagamento proposta, a empresa irá prevenir-se de futuros problemas como, por exemplo, sanções do órgão contratante por conta de não cumprimento da prestação no prazo.

2) Deixar para registrar sua proposta no último dia

Para participar de uma licitação pública e aumentar suas chances de êxito, você não poderá deixar a tarefa para o último dia. Em pregões eletrônicos, os prazos para o registro das propostas no sistema variam de edital para edital, devendo o interessado estar atento às respectivas datas. Até porque, se a empresa cadastrar a proposta fora do prazo, não poderá participar da licitação e perderá, com isso, a oportunidade de sagrar-se vencedora.

Ao perder seus prazos, você põe em risco todos os seus esforços em risco.

Tome cuidado com seus prazos na hora de competir por uma licitação!

3) Registrar a proposta com seu preço mais baixo

Em pregões eletrônicos, registrar sua proposta apresentando seu preço mais baixo não é a melhor estratégia. Esta situação fará com que você perca a chance de obter um contrato com valor mais alto. Ainda, impedirá que sua empresa participe da etapa de lances, já que não terá margem para redução de preços.

 

4) Documentação com assinatura de pessoas diferentes

No dia-a-dia de uma empresa, é comum que, pessoas diferentes, com autorização para tal, acabem por assinar documentações. No entanto, em um processo de licitação, isso pode significar a desclassificação de sua empresa.

Para evitar que isso aconteça, é ideal que as propostas de preço, declarações e planilhas sejam assinadas apenas por um responsável. Deste modo, a empresa deve determinar apenas uma pessoa para encarregar-se da assinatura e entrega dos documentos para disputar uma licitação.

5) Desconhecer o sistema

Em licitações na modalidade eletrônica, o conhecimento das regras que são utilizadas no sistema do órgão ou entidade é fundamental para maximizar a possibilidade de êxito.

Note que cada sistema tem suas particularidades. Evitar ser surpreendido por elas poderá ser crucial para atingir o objetivo, ou seja, vencer a licitação para sua empresa. Assim como todas as dicas anteriores, esta exige atenção dobrada aos detalhes: por mais que, quando se fale sobre a norma do pregão, esta seja uma lei única (Lei 10.520/02), o licitante não pode deixar-se enganar, acreditando que todo sistema operará da mesma maneira.

6) Deixa de encaminhar a documentação necessária no prazo previsto no edital após vencer a licitação

Por mais estranho que pareça, este tipo de caso é bastante comum. A falta de informação e atenção pode levar uma empresa a perder o prazo para a entrega da documentação necessária. Na modalidade pregão eletrônico, é um equívoco deixar para providenciar os documentos de habilitação somente para depois de ser declarado vencedor. Geralmente, os prazos previstos no edital são curtos. A organização prévia é fundamental.  Além disso, se a documentação não for entregue no prazo, a licitante não só perderá a licitação, como também poderá ser punida pela Administração.


Diante do que foi apresentado, fica claro que os principais motivos que irão impedir sua empresa de vencer um processo licitatório são a desinformação e a falta de atenção aos detalhes. Por isso, na hora de preparar-se para um processo licitatório, informe-se adequadamente e conte com profissionais atentos e, se possível, dedicados exclusivamente a este projeto.

Este conteúdo foi útil para você? Se sim, expanda seus conhecimentos sobre licitações com nosso Guia Introdutório das Licitações Públicas!